domingo, 25 de novembro de 2007

Tanz der Vampire (Dança dos Vampiros)






"Manchmal in der Nacht hab ich phantastische Träume" ("Uma vez de noite tive sonhos fantásticos") - excerto de Totale Finsternis.

Tanz der Vampire, é mais um dos grandes sucessos da cena Musical Austro-Germânica, ponto de referência da criação de Musicais na Europa Central. Com libreto de Michael Kunze (Elisabeth, Rebecca) e música de Jim Steinman (Whistle down the Wind) o Musical é baseado no aclamado filme de Roman Polanski "The Fearless Vampire Killers".

Tanz der Vampire conta a história do incansável Professor Abronsious e do seu assistente Alfredo na busca pela verdade sobre a existência dos vampiros. Chegados à Transilvânia o Professor Abronsious congela no frio e Alfredo arrasta-o até à estalagem da aldeia onde são recebidos por Chagal, um estalajadeiro judeu, pela sua mulher e pelos habitantes da pacata vila, estranhamente obcecados com alho. Aí Alfredo trava conhecimento com a filha de Chagal e ambos se sentem atraídos. Contudo Sarah é uma filha oprimida pelo pai que se preocupa bastante com o que os homens pensam e podem fazer à sua menina. Ela fica logo confinada ao seu quarto assim que conhece Alfredo. Quando consegue escapar para mais um dos seus banhos, Sarah é convidada pelo Conde Von Krolock para um baile no seu Castelo. Sarah consegue fugir e ir ter com o Conde, sendo seguida pelo Professor Abronsious e por Alfredo. Quando estes chegam ao Castelo são recebidos pelo próprio Conde Von Krolock e pelo seu afemindado filho, Herbert.

Sarah continua sem saber se se há-de entregar à escuridão. Alfredo agora também no Castelo faz os impossíveis para salvar Sarah do seu destino enquanto foge do assédio do filho do Conde, e enquanto o Professor Abronsious se esquece completamente de tudo, maravilhado por encontrar a Biblioteca do Castelo. Sarah acaba por ia ao Baile, e é mordida, conseguindo no fim Alfredo salvá-la sendo depois mordido por ela. Os Vampiros poderão por fim dançar.

Tanz der Vampire já passou fronteiras tal como Elisabeth. O espectáculo já foi encenado nos seguintes países:

- Áustria, onde estreou a 4 de Outubro de1997 com o grande actor inglês infelizmente falecido Steve Barton no papel do Conde Von Krolock estando em cena até 15 de Janeiro de 2000. O Musical está agora de volta aos palcos austríacos desde Setembro de 2009 num Revival há muito aguardado pelos fans. No papel de Von Krolock está novamente Thomas Borchert, sendo em Setembro de 2010 substiuido pelo actor americano Drew Sarich.

-Alemanha, onde esteve em cena em 3 estados: Stuttgart onde estreou a 31 de Março de 2000 com Kevin Tarte no papel de Von Krolock estando em cena até 31 de Agosto de 2003. Abriu depois em Hamburg a 16 de Dezembro de 2003 e encerrando a 22 de Janeiro de 2006. A 10 de Dezembro de 2006 abriu a produção de Berlim com Thomas Borchert no papel de Von Krolock, e esteve em Cena em Berlim até 30 de Março de 2008. A 7 de Novembro de 2008 abriu uma nova produção no MetronomTheater, em Oberhausen com Jan Amman no papel de Von Krolock e Nele-Liis Vaiksoo no papel de Sarah. Nele-Liis foi Sarah na produção-Concerto do musical no seu país natal, a Estónia, e foi agora para a Alemanha. Em 2010 abriu, após votação do público, uma nova produção em Stuttgart, onde o Musical estreou há 10 anos.

- Estónia. Uma produção-Concerto, abriu a 10 de Novembro de 2000 e foi a mais rápida produção do Musical de sempre, só tendo ido a cena 10 vezes. Contudo foi um enorme sucesso, sendo que o Teatro em que esteve em cena comporta 4.500 espectadores por sessão, tendo esgotado as 10.

- Broadway, EUA. Foi a única produção que foi um fiasco. Dance of the Vampires abriu a 18 de Outubro de 2002 e fechou a 25 de Janeiro de 2003. Contudo saliente-se o seguinte: O espectáculo para a Broadway foi completamente reescrito, e em vez de um romance gótico cómico, foi transformado numa romântico-palhaçada. Com o lendário Michael Crawford (conhecido por ser o 1º Fantasma da Ópera) como Von Krolock, foi também culpa dele e das suas interferências que o condenaram a ele e ao espectáculo. O próprio compositor Jim Steinman insurgiu-se contra o que estava a ser feito, e considerou o espectáculo da Broadway como "Utter shit". Devido ao que aconteceu com a adaptação de Tanz der Vampire, o autor Michael Kunze é agora muito mais exigente no que toca à cedência de direitos para os seus trabalhos.

- Polónia. Subindo a cena a 8 de Outubro de 2005, foi dirigida pelo próprio Roman Polanski, fechou a 22 de Outubro de 2006. Lukasz Dziedzic foi o actor escolhido para o papel de Von Krolock. Foi usada a versão original Austríaca para a adaptação e provou-se um grande sucesso num país sem grandes tradições no que toca a Musicais.

- Japão. Os Japoneses adoram o trabalho de Michael Kunze, e Tanz der Vampire não foi excepção. A produção nipónica abriu a 7 de Julho de 2006 com Yuichiro Yamaguchi no papel de Von Krolock. Uma nova produção abriu em 2010. Foi o único país a produzir um CD completo do musical à excepção do Original Austriaco.

- Hungria. A muito aguardada produção magiar do musical abriu em Julho de 2007 e ainda se encontra em cena com 3 Von Krolock a alternar: Egyházi Géza, Nagy Sándor e Feke Pál.

- Holanda/Bélgica. Está prevista a produção do aclamado musical para o ano 2010/2011.

Curiosamente é o único musical sobre Vampiros que logrou sucesso depois de muitas tentativas para levar Drácula a cena, tendo todas tido pouco sucesso. É um musical excelente para os amantes do filme de Polanski e para todos os que apreciam o género musical, ou têm uma pancada com Vampiros.

3 comentários:

Carolina disse...

E a versão da música "Totale Finsternis" cantada pela Kiara Sasso e por Saulo Vasconcelos? O músical ia ser produzido aqui e por alguma razão não foi?

Muito obrigada!

De Carolina, uma grande fã de musicais.

Fantasma da Ópera disse...

Bem, este blog é português e o musical em Portugal nunca esteve para ser produzido.;)

Quando à música em questão, segundo sei foi um simples cover que a Kiara e o Saulo fizeram nada mais. Também unca houve planos para o produzir no Brasil ;)

Cardo disse...

Nunca houve planos aqui no Brasil para montar este musical. Apenas houve algumas músicas sendo gravadas por Kiara Sasso (como Sarah), Saulo Vasconcelos (como o Conde) e Fred Silveira (como Alfred).